(84) 99828-4059
Detran - FEv-22

Apicultura é uma atividade que se moderniza a cada dia, diz especialista

Foto: Reprodução

A criação de abelhas para a produção de mel é crescente em Mato Grosso e é uma atividade que a cada dia se moderniza. Segundo especialistas, não existe uma receita de bolo a ser seguida. Contudo, a palavra de ordem na apicultura é observação.

A apicultura em Mato Grosso é o assunto desta quarta-feira (28) do Bom Dia Senar Mato Grosso.

Desde fevereiro de 2022 o Senar Mato Grosso passou a oferecer assistência técnica e gerencial (ATeG) na atividade. A assistência teve início em Rondonópolis com 18 apicultores e hoje são 34 produtores atendidos somente no município. O Senar-MT realiza ao todo atendimento 319 propriedades com apicultura localizadas em oito municípios do estado.

Conforme a ATeG credenciada ao Senar-MT, Joziane Nascimento, há lista de espera de apicultores para atendimento.

“A apicultura é uma atividade social e que gera renda. As abelhas são insetos agressivos, com instinto natural. Então, é preciso toda uma orientação, além da parte de gestão”, comenta a técnica de campo.

Apicultura é preciso observação constante
A criação de abelhas parece ser simples, sendo preciso um local com água e vegetação. Entretanto, a técnica do Senar-MT explica que é preciso de observação constante.

“O produtor que está na apicultura tem que estar cuidando de sua criação de abelhas, pois é ela quem produz o mel. Existe todo um manejo, desde a escolha do local, limpeza dele, cuidados para evitar formigas e cupins, como atrair abelhas para povoamento, entre outros”.

Canal Rural

Postado em 28 de setembro de 2022
Classificados