(84) 99828-4059
Sebrae topo

Campanha de vacinação contra a febre aftosa é prorrogada até 30 de junho no RN

Foto: DIvulgação/Idiarn

A primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa foi prorrogada até o dia 30 de junho no Rio Grande do Norte. O prazo seria encerrado no fim do mês de maio.

O período a mais para a imunização do rebanho foi comunicado nesta sexta-feira (2) pelo Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Rio Grande do Norte (Idiarn).

O órgão estadual responsável pela campanha de imunização dos rebanhos no RN recebeu do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento a autorização para realizar a ampliação do prazo para que o produtor possa adquirir a vacina e imunizar os animais.

Nesta etapa, a vacinação é obrigatória para todos os animais e a expectativa é que o Rio Grande do Norte consiga vacinar mais de 1 milhão de animais.

“O produtor ganhou mais 30 dias. Entendemos a necessidade de aumentar o prazo até para que possamos manter os índices positivos que viemos conquistando, porém reforçarmos que o criador não deve deixar para a última hora”, falou o diretor-geral do Idiarn, Mário Manso.

Ele pede para que o produtore siga até as lojas registradas junto ao Idiarn “compre a vacine, imunize os animais e depois é só declarar a vacinação em um dos nossos escritórios e já fica tudo certinho”.

“O produtor fica livre para emitir sua Guia de Trânsito Animal (GTA) e realizar suas negociações comerciais”, concluiu.

A febre aftosa é uma doença causada por vírus que provoca febre e aftas, principalmente na boca e entre os cascos dos animais, causando enorme perda na produção de leite e carnes.

g1

Postado em 3 de junho de 2023

No Banner to display