(84) 98867-6113

No Banner to display

Consumidor é protagonista da agricultura do futuro, apontam especialistas

No último dia do evento AgriTrop2021, promovido pela Embrapa em março, teve como tema a inovação e o futuro da alimentação mundial, em que especialistas apontaram o consumidor como farol da agricultura do futuro, com soluções passando pela sustentabilidade.

Segundo Paulo Silveira, CEO da Food and Tech Hub, o modelo de inovação na área de alimentos está bastante consolidado no Brasil e a expectativa é expandir para outros países da América Latina, como Argentina, Colômbia e México.

Criado há pouco mais de dois anos, a ideia do hub é aglutinar food techs disruptivas para construção virtual de stakeholders.

O principal objetivo do Food Tech Hub é facilitar a inovação aberta e, para isso, trabalha com parceiros públicos e privados de CT&I no Brasil e no exterior.

“Os pilares que norteiam a atuação do Hub estão alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis da ONU e priorizam novas tecnologias voltadas à alimentação com base no aproveitamento sustentável e agregação de valor à biodiversidade brasileira, que representa cerca de 20% do Planeta”, disse Silveira.

Ele explicou que o hub iniciou parceria com o Ministério da Agricultura para elaborar um roteiro de novos nutrientes e proteínas alternativas.

Entre as principais linhas de atuação do Food Tech Hub, destacam-se a redução do desperdício e perda de alimentos durante o processo (food lost), segurança alimentar (food safe) e, com a pandemia, cresceu muito a tendência de serviços de alimentação (food service).

Fonte: Money Times

Postado em 5 de abril de 2021

No Banner to display