(84) 99828-4059
RN 12/2021

Governo do RN publica decretos que beneficiam produtores de queijo e derivados lácteos

A governadora Fátima Bezerra assinou nesta quinta-feira (18), no Espaço Sebrae no Parque Aristófanes Fernandes, onde está sendo realizada a 59ª Festa do Boi, dois decretos para fortalecer a pecuária leiteira do Rio Grande do Norte. O primeiro, nº 31.092, regulamenta a Lei nº 10.230 – a chamada Lei Nivardo Mello – que trata da comercialização e produção artesanal de queijos e produtos lácteos, de autoria do deputado estadual Hermano Morais. Já o decreto 31.093 trata da fiscalização dos produtos alimentícios de origem animal produzidos de forma artesanal.

“Estamos promovendo a expansão e o fortalecimento da cadeia do leite, com segurança alimentar que se faz necessária e responsabilidade. Estamos dando uma contribuição extremamente relevante para os produtores deste setor tão importante”, destacou a governadora Fátima Bezerra.

O titular da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca do RN, Guilherme Saldanha, destacou um dos benefícios promovidos pela lei. “Viabiliza que o queijeiro capacitado seja o responsável técnico pela sua queijeira. A medida permite maior inclusão na formalidade”, disse.

A medida prevê normas para garantir a sanidade do rebanho, a higiene na obtenção da matéria-prima, a higiene dos produtos e das pessoas envolvidas nas queijeiras, além da desinfecção de instalações, utensílios e equipamentos.

O Secretário Extraordinário de Projetos e Metas (Governo Cidadão), Fernando Mineiro, ressaltou o momento significativo para o governo. “O decreto muda a perspectiva do setor produtivo e anunciamos que a equipe do Governo do RN vai promover um curso para capacitar os responsáveis pelas queijeiras auxiliando-os no atendimento ao decreto”.

Entrega de SISBI

Na oportunidade, a chefe do executivo entregou selos SISBI -POA (Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal) para a Holanda Agronegócios LTDA (granja avícola), localizada em São José do Mipibu; Queijeira Sertão Jucurutu, do município de Jucurutu, e Queijeira Seridó, localizada em Cruzeta.

Representando os beneficiados do setor, Cipriano Pinheiro, da Queijeira Seridó, destacou que as medidas tornam reais desejos antigos das queijeiras e laticínios potiguares. “Em nome de todos produtores e donos de laticínios do RN agradecemos o reconhecimento que o Sisbi nos traz e a chegada do incentivo da legislação que vai fortalecer nosso setor”, disse.

Durante a solenidade, a governadora Fátima Bezerra anunciou que, por meio de o Idiarn, vai ser disponibilizado para o setor de queijos do Rio Grande do Norte o Selo ARTE, que é um selo federal para pequenos negócios. Até o final do ano serão entregues mais 10 selos ARTE no RN. “O selo vai contribuir para ampliar o mercado do queijo potiguar”, disse Pinheiro.

Na oportunidade, a governadora Fátima Bezerra e o diretor técnico da Emater, Raimundo Costa, entregaram kits de inseminação a 10 agricultores familiares do município de Paraú, que estavam representados pelo Secretário de Agricultura daquele município, Francisco Feliciano, conhecido como Neném do Gás.

Também participaram da solenidade o diretor presidente da Emparn, Rodrigo Maranhão; o diretor de Defesa e Inspeção Sanitária Animal do Idiarn, Renato Dias Maia; o presidente da Anorc, Marcelo Passos; o presidente do Sistema Faern/Senar, José Vieira; diretores do Sebrae/RN, João Hélio Cavalcanti e Acácio Brito; e equipes técnicas de diversas instituições públicas e representantes de estabelecimentos laticínios.

Postado em 19 de novembro de 2021
Agi