(84) 99828-4059

No Banner to display

Mercado de biológicos deve disparar 74% em 4 anos

O mercado de insumos biológicos deve valer US$ 18,5 bilhões até 2026, apontam dois relatórios recentes publicados pela empresa de pesquisa de mercado Research and Markets. Se confirmada a projeção, o setor teria uma disparada de 74% em apenas quatro anos na comparação com os US$ 10,6 bilhões de valor atuais.

A taxa de crescimento anual composta (CAGR) estimada pela empresa de pesquisas de mercado é de 11,9% nos próximos cinco anos. De acordo com o relatório, o segmento de bioinsumos deve experimentar um crescimento exponencial à medida que consumidores, reguladores e até mesmo agricultores pressionam por métodos de produção de alimentos mais sustentáveis.

A Research and Markets cita a “tendência crescente [em direção] à agricultura orgânica, fatores bióticos e abióticos que afetam o crescimento das plantas, regulamentos governamentais favoráveis” e riscos ambientais e de saúde associados ao uso de insumos químicos como os principais impulsionadores do crescimento no mercado de insumos biológicos.

Os agentes de controle biológico de pragas, que já são o maior segmento de mercado, devem continuar detendo a liderança. Dentro desse mercado, os bionematicidas devem ser o subsetor de crescimento mais rápido dentro dos biológicos durante esse período.

Mesmo com esse aumento, o mercado de produtos agroquímicos vão continuar retendo uma fatia maior do mercado. Segundo a Research and Markets, o setor tradicional de proteção de cultivos deve ter uma demanda maior nos próximos cinco anos – embora em um ritmo de crescimento mais lento do que os biológicos.

O mercado global dos defensivos agrícolas químicos estão valendo US$ 61,3 bilhões (em 2021) e devem chegar aos US$ 73,5 bilhões até 2026. De acordo com o relatório, o CAGR deve ficar em 3,7% no período de cinco anos, com herbicidas seguindo como o maior e mais rápido subsetor.

Agrolink

Postado em 14 de janeiro de 2022
Agi