(84) 99828-4059
FB interno noticias

Projeto Georparque Seridó ganha espaço

Através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, destinou essa semana uma sala para o Projeto do Geoparque Seridó poder instalar sua área administrativa, que também servirá como Sala de Exposição.

A nova sede está localizada na Avenida Coronel José Bezerra, n° 10, e contará com uma Sala de Exposição (multiuso para exposição, reuniões e diversas outras ações), que terá como foco o tripé: Geoturismo, Geoeducação, e a Geoconservação, além de uma Sala Administrativa que contará com a Sala da Coordenação do Território, assim como, a parte administrativa do Geoparque Aspirante Seridó.

O território do Geoparque Seridó vem sendo trabalhado desde 2010 e hoje conta com inúmeras ações ligadas a educação, turismo e conservação, premissas básicas de qualquer geoparque do mundo.

Esse território formado pelos municípios de Currais Novos, Cerro Corá, Lagoa Nova, Acari, Carnaúba dos Dantas e Parelhas tem uma história geológica com notável geodiversidade, que data de mais de 2 bilhões de anos, associadas a inúmeras ocorrências minerais e sítios arqueológicos que mostram uma identidade cultural com mais de 10 mil anos.

“Dez anos atrás (março/2010) iniciávamos as primeiras atividades – palestra e inventário do patrimônio geológico – a favor do então Projeto Geoparque Seridó, numa importante parceria entre a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e o Serviço Geológico do Brasil (CPRM). De 2010 a 2015, criamos um amplo inventário dos patrimônios natural e cultural, com divulgação em diversos eventos e encontros no território. De 2015 pra cá, implementamos um amplo diálogo com a população, gestores públicos (Municipal, Estadual e Federal), atividades nas áreas de educação, conservação e turismo, bem como, no último ano, na candidatura ao Programa Internacional de Geociências e Geoparques, com a intenção de se integrar a lista de Geoparques Mundiais da UNESCO. Hoje, 2020, somos considerados, pela UNESCO, Geoparque Aspirante”, conta a Coordenadora do Projeto na região, Janaina Medeiros.

SOBRE O GEOPARQUE ASPIRANTE SERIDÓ

A região do Seridó potiguar apresenta patrimônio geológico de forte expressão e significado ambiental singular, decorrente dos inúmeros processos naturais a que esta região foi submetida ao longo da história da Terra, cujo registro pode ser observado nas diversas formas de relevo, tais como as serras e picos, ou exposições rochosas menores constituídas por granitos, gnaisses, mármores, quartzitos e arenitos.

Vale salientar que, geoparque é um território com limites definidos que apresenta geossítios de especial valor científico/educativo, cuja finalidade primeira é a catalisação de ações sustentáveis. Além de sua importância para proteção da memória geológica (geoconservação), a presença de valores ecológicos, arqueológicos, históricos ou culturais inseridos num processo de desenvolvimento sustentável que fomente projetos geoturísticos e educacionais e de valorização do patrimônio cultural local.
Nesse cenário, o Geoparque Seridó assume um papel importante no sentido de estimular o tripé educação, conservação e geoturismo, permitindo a comunidade local e os visitantes viverem experiências enriquecedoras, fazendo-os elementos importantes e participativos, e não apenas simples observadores de paisagem.

“Agradecemos a Prefeitura de Currais Novos, por ter sempre acreditado e apoiado as ações do Projeto Geoparque Seridó e de ter possibilitado acontecer as premissas de um Geoparque. Hoje, com esse importante apoio, estamos concretizando mais esse degrau em favor do desenvolvimento socioeconômico de nossa comunidade e de todo o território”, finalizou Janaina.

Postado em 12 de agosto de 2020
Classificados