(84) 99828-4059
Classificados Topo

RN produz 30% da energia eólica do Brasil

Foto: Heilysmar Lima

O futuro das energias renováveis foi discutido durante dois dias, 8 e 9 de novembro, durante o Fórum de Energias Renováveis, realizado no centro de eventos do Hotel Holiday Inn, em Natal. A Associação Potiguar de Energias (Aper) renováveis esteve presente como parceira e na programação, apresentando em um dos painéis a evolução da energia solar distribuída no Rio Grande do Norte e os benefícios do associativismo.

Segundo dados da Aper, o Rio Grande do Norte possuía, até 30 de setembro deste ano, 32.224 sistemas conectados à rede em todos os 167 municípios do estado. O RN também exporta energia limpa, através da geração das eólicas instaladas no estado, que produzem 30% da energia eólica do Brasil.

O Fórum reuniu especialistas na área, empresários, prestadores de serviços e representantes de instituições públicas e privadas para debaterem os rumos do setor e definir uma política de transição da matriz energética do país. A programação contou com palestras e painéis simultâneos em duas arenas: Arena Solar e Arena Eólica.

A diretoria da APER esteve presente, participando ativamente do evento. O vice-presidente da APER, José Maria Vilar, apresentou na tarde desta quarta-feira (09) os dados sobre o crescimento da energia solar distribuída no Estado, com comparativos da evolução, através de gráficos e estatísticas atualizados até o mês de setembro. Durante sua apresentação, José Maria Vilar também revelou alguns desafios do setor, além da missão da APER e os benefícios do associativismo.

Mais de 500 participantes se inscreveram no evento que foi realizado pelo Sebrae e Sistema Fiern, através do Senai-RN, com o apoio do Governo do Estado e das associações da área: ABiogás (Associação Brasileira de Biogás), Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), ABGD (Associação Brasileira de Geração Distribuída) e APER (Associação Potiguar de Energias Renováveis), além da Comissão de Energias Renováveis (COERE) da Federação das Indústrias do Estado.

Portal da Tropical

Postado em 10 de novembro de 2022
Classificados