(84) 98867-6113

No Banner to display

Semarh recebe secretário do MDR para discutir obras estruturantes no RN

Na tarde desta quinta-feira (03), o secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, João Maria Cavalcanti, recebeu o secretário nacional de segurança hídrica do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Sérgio Luiz Soares, para tratar de obras e convênios em andamento entre o Governo Estadual e Federal.

O secretário iniciou a reunião falando da construção da Barragem Oiticica e mostrando todos os avanços que aconteceram no governo da Professora Fátima Bezerra, como a mudança no ritmo empregado na obra de implantação da Nova Barra de Santana. “Aproveitamos a oportunidade para entregar um ofício reiterando o pedido de liberação dos R$ 40 milhões para Oiticica, oriundos de emendas parlamentares, a aprovação do novo plano de trabalho, no valor de R$ 135 milhões, e o reinício da obra de recuperação da Barragem Passagem das Traíras, que agora está a cargo do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), a sua conclusão.

Sobre Projeto Seridó, João Maria deixou claro que a SEMARH tem todas as condições técnicas e expertise profissional necessárias para executar as obras, através de convênio com a União, a exemplo das adutoras Sertão Central Cabugi, Jerônimo Rosado, Adutora do Médio Oeste e Monsenhor Expedito e das barragens Santa Cruz, Umari e Oiticica. No entanto, o secretário nacional insistiu em trazer ao RN a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) para executar as obras do Projeto Seridó.

“Espero ter convencido e sensibilizado, Sérgio Luiz Soares, norteriograndense, da importância do Projeto Seridó ser executado pela SEMARH, em parceria com o MDR. Ressalto que a União já tem grandes obras que precisam ser concluídas, como por exemplo, o Ramal do Apodi ainda não iniciado, a conclusão do Ramal do Piranhas-Açu, todos da Transposição do Rio São Francisco”.

O secretário nacional destacou a alegria de estar na sua terra para discutir as obras de infraestrutura hídrica, fincando de estudar e formalizar (ao governo do RN para análise) um modelo híbrido em que as obras do Projeto Seridó sejam executadas pela Codevasf, porém em parceria com o Governo do Estado, por meio da SEMARH.

Também participaram do encontro o secretário adjunto da SEMARH, Carlos Nobre, o Coordenador-geral de Gestão Integrada do MDR, Wilson Rodrigues, o assessor especial, Paulo Varela e a assessora jurídica, Mariana Marques.

Projeto Seridó

O Projeto Seridó é um plano básico de sistemas adutores, com suas interligações entre grandes reservatórios, que visa a garantia de suprimento de água para consumo humano e atividades produtivas da região. O projeto consiste na construção de um sistema com sete adutoras totalizando 300km de extensão. Ele vai dar sustentabilidade hídrica para o abastecimento humano, nos próximos 50 anos, à população do Seridó e vai permitir que os perímetros irrigados e açudes da região possam se manter perenes atendendo também o setor produtivo.

Fonte: Assecom

Postado em 4 de setembro de 2020

No Banner to display